terça-feira, 3 de maio de 2016

O “Guardião do Vale da Utopia”



Depois de 26 anos, o brasileiro Vilmar Godinho precisará abandonar a caverna que foi sua casa durante quase três décadas.

Vilmar Godinho vive há 26 anos longe da sociedade e é considerado o Guardião do Vale da Utopia.

Vilmar Godinho - O “Guardião do Vale da Utopia”

A incursão de um oficial de justiça mata adentro silenciou o canto dos bens-te-vi, periquitos e falcões que habitam o Vale da Utopia, no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, em Palhoça. 

Do silêncio dos pássaros emergiu a voz serena de Vilmar Godinho, o “Guardião do Vale”. O famoso ermitão da praia da Pinheira foi notificado de uma decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina que exige sua saída do local e, desde então, luta pelo direito de permanecer na caverna onde vive.



“Pensava em vir para cá, ficar um mês e voltar. Depois de um tempo, acabei pensando o contrário, em não ir. Tive que me adaptar muito para não ter que adaptar o lugar a mim. Aprendi muita coisa. Tenho o compromisso de retribuir para a natureza tudo o que eu recebo dela. Quanto ao Vale? Eu sou o Vale”, reflete o ermitão.

"Eu sou o Vale”- Vilmar Godinho

Se aos olhos da Justiça Vilmar Godinho comete crime ambiental ao habitar a Área de Preservação Permanente (APP), para os moradores da praia da Pinheira e da Guarda do Embaú ele é um dos últimos a proteger o lugar. Os argumentos de amigos e moradores é que Vilmar é um defensor do parque e da natureza. 


Na sentença, a juíza substituta Cíntia Werlang afirma que no local Vilmar construiu uma habitação rudimentar de 28 metros quadrados sob uma pedra em área de preservação permanente. Há no local um espaço que funciona como cozinha, com um fogão a lenha, e uma pequena horta. A Justiça afirma que ele também obtinha recursos naturais do parque, como lenha e água.


Na matéria o promotor José Eduardo Cardoso alegou que a situação de Vilmar na caverna caracteriza uma exploração direta do parque do Tabuleiro, uma área de preservação ambiental. Para Cardoso, uma autorização da Fundação de Meio Ambiente (FATMA) seria suficiente para que Godinho permanecesse.


“Ele ocupa um local que não poderia, certamente não paga IPTU ou outros impostos que todos os cidadãos são obrigados a pagar. Se vive há 26 anos no local, é muito estranho que não tenha regularizado a situação”, disse o promotor José Eduardo Cardoso.

A ordem para que o homem desocupe a caverna foi publicada em 29 de fevereiro. Para cada dia que ainda habitasse a caverna, Vilmar teria que pagar multa de R$ 500. Logo, caso não desocupe a caverna até o fim de abril, ele pagará R$ 30.050 à Justiça. "Em qualquer outro país onde a legislação seja mais dura, como os da América do Norte ou da Europa, ele já teria sido retirado do parque, mas como é no Brasil, a situação vai se arrastando", declarou o promotor.

A ordem judicial de desocupação do Vale da Utopia estarreceu a comunidade, que, sem aceitar a justificativa da ação, se manifestaram pela permanência de Vilmar Godinho nas redes sociais e em um ato público na praia da Pinheira. 



Uma petição on-line foi criada pelos próprios moradores da região que pedem a ajuda para que Vilmar permaneça no loca. 

“Com tantos crimes ambientais acontecendo na região, querem tirar o Vilmar? Vamos começar por quem ajuda? Não consigo entender, parece que querem o desmonte do parque”, critica Elizabeth Albrecht, 62, com quem Godinho teve o filho Huanan, 15.






Em entrevista a professora Karuna Gargantiel, amiga de Vilmar há 12 anos, disse que a decisão da juíza “é uma tremenda injustiça. Vilmar é conhecido como um dos guardiões do Vale, tem ótima relação com as pessoas e cuida muito bem de tudo, nunca causou impacto ambiental. Ele recebe as pessoas dos passeios turísticos. Alunos de escolas e faculdades vão ouvir as palestras dele, tem um comportamento exemplar, já plantou, reflorestou".


Agora resta saber se a justiça vai atender aos apelos para que Vilmar possa continuar em seu habitat natural protegendo o Vale da Utopia – e agente torce para que sim! 😉


Parte do cotidiano de Vilmar foi retratado no clipe da música "Rastaman", de 2014, da banda catarinense Dazaranha. No vídeo, Vilmar fala que chegou ao local como turista  e que não sabe dizer os motivos que o levaram a ficar:

"Mas assim que cheguei não encontrei mais motivo para voltar para a cidade", completa.








Fontehttp://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2016/04/brasileiro-precisara-desocupar-caverna-em-que-morou-nos-ultimos-26-anos.html
http://www.jornalfloripa.com.br/geral/NOTICIA/homem-que-vive-em-caverna-no-vale-da-utopia-fala-sobre-a-decisao-da-justica-de-expulsa-lo-do-local/




9 comentários:

  1. e é essa justiça corrupta, que está julgando impeachment ilegal...só interessa dinheiro e não o bem estar da natureza e pessoas ... solução é se proteger com http://novafaseracional.com.br

    ResponderExcluir
  2. "Quantos homens,
    entre mim e Deus!"

    Jean Jacques Rousseau

    ResponderExcluir
  3. Fora Vilmar!!!!! O senhor está bebendo água da floresta e ela já pertence à Odebrecht !!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Impossível expressar plenamente o quanto o ser humano perturba o bem e deixa tantos maus acontecimentos pairarem em satisfação própria... por que não o deixam em paz?

    ResponderExcluir
  5. POSSO ESTAR ENGANADO, SEMPRE POSSO. MAS, A MIM PARECE QUE ALGUM INDIVÍDUO ESTÚPIDO, SENTINDO-SE AGREDIDO COM A LIBERDADE E SIMPLICIDADE DO SENHOR VILMAR RESOLVEU FAZER UMA DENÚNCIA AFIM DE RETIRÁ-LO DO LUGAR QUE ELE RESOLVEU MORAR. SIM, PRIMEIRO PQ AS "AUTORIDADES" SÓ AGEM SOBRE DENÚNCIA. E SEGUNDO PORQUE VIVEMOS NUM SISTEMA QUE NOS PROÍBE, TANTO A LIBERDADE QUANTO A SIMPLICIDADE, AFINAL, SÃO ESTAS AS ARMAS QUE TEM O MAIOR PODER DE DESCONSTRUIR ESTE MESMO SISTEMA. ENFIM, QUE SE DANEM AS "AUTORIDADES"!!! VAMOS TODOS NOS UNIR A ESTA LUTA... QUE VILMAR FIQUE ONDE ESTÁ!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não está enganado amigo ENDRIGO DEMETRIO! infelizmente,a liberdade e simplicidade incomoda muita gente!!
      Estamos vibrando por Vilmar! que sua escolha seja respeitada em todos os sentidos!

      Abraços libertadores

      Excluir
  6. VILMAR,MUDE-SE PARA A AMAZONIA. LÁ TUDO É PERMITIDO.

    ResponderExcluir
  7. A questão é só uma dinheiro, o problema é que o amigo não ajuda a sustentar um bando de vagabundo em brasília. Só isso. E é muito triste amigo mais essa você não ganha. Por que aleis do brasil não foram feitas para assegurar os direitos dos cidadãos de bem mais sim para assegurar a bandidagem. E o cidadão sempre perde. Isso é regra.

    ResponderExcluir