segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

SOMOS TODOS "ÚNICOS"



Não, não somos todos "macacos"
Não somos todos "Charlie Hebdo"
Somos todos diferentes...
Somos todos ÚNICOS!

A sociedade moderna está massificando o ser humano, no que há de mais humano nele: sua singularidade.

Há uma maciça campanha para tornar todos a mesma coisa. São regras, modismos, comportamentos sociais.

Atitudes originais são inaceitáveis. O livre pensar é intolerável. Liberdade de escolha é taxado como ato de rebeldia.


Todos devem seguir o mesmo padrão: Ser magros, consumir alimentos da moda (orgânicos, sem glúten, sem lactose), fazer exercícios padrão (ciclismos, corridas ao ar livre, academias), ouvir as mesmas músicas, fazer as mesmas dietas, vestir as mesmas roupas, sonhar os mesmos sonhos, viver a mesma vida.

Quem não seguir esse padrão, acaba por se sentir inadequado, um ser à margem da sociedade. É preciso que todos sigam o que foi ditado, como manadas acéfalas.



A bolha de influência invisível e maléfica que nos dita a cada segundo como devemos nos vestir, o que devemos achar bonito, o que devemos comer, o que podemos pensar, cada dia mais nos transforma em seres que são mais do mesmo. 

Como numa gigante linha de produção, vemos pessoas-produtos esbanjando padrões como se tivessem sido escolhidos por elas, quando na verdade todas as escolhas foram, dia após dia, sendo injetadas em seus subconscientes, que estavam ocupados demais tentando seguir todas as regras. A geração dos zumbis, está mais perto do que você imagina.

Uma geração de pessoas programadas para seguir sem questionar. 



"Estudos apontam que o sol faz mal a saúde" - E vemos uma população inteira com deficiência de vitamina D e com fobia a luz solar.

"Está comprovado que glúten engorda" - No entanto, parece que esquecemos que para não conter glúten, alguns produtos laçam mão de vários aditivos, extremamente maléficos a saúde. Além disso, a retirada total de itens com glúten causa falta de saciedade, alteração hormonal e insônia.

"Comer de 3 em 3 horas acelera o metabolismo" - Está claro que esse conceito parte da premissa que o metabolismo de todos seres humanos é igual. Quando na verdade não é.



Mas não somos todos iguais. Nossas aparências são diferentes, nossas etnias, nossas fisiologia, nossas almas e nossas essências são diferentes.

Não somos o resultado de uma produção em massa. Somos singulares.

"Cada um é uma história, cada história é única.  Somos o resultado de nossas escolhas, experiências e daquilo que fazemos com o que  nos acontece."

Há na nossa espécie uma quantidade incrível de variação. Quanto mais buscamos tecnologias para confirmar identidades, mais descobrimos qualidades que tornam cada um de nós especial. Algumas, como DNA e digitais, são óbvias. Outras, nem tanto. 


Não podemos nos colocar todos em um mesmo saco por sermos humanos, porque são inúmeras individualidades que nos separam e com elas percebemos que não somos todos iguais, que a sociedade, criada por nós mesmos, dita papéis, e não nos permite, por mais que queiramos, ficar fora desse jogo de padrões. 

A nossa verdadeira personalidade é uma faceta da nossa existência como um ser humano. Nossa autenticidade é como expressar e compartilhar a nossa verdadeira personalidade com a sociedade.


A autenticidade não é apenas uma escolha; é uma expressão, um modo de ser.

É a nossa integridade, nosso compromisso e tudo aquilo que nós estamos empenhado na nossas vidas. Aquilo que nos inspira, nossas fontes energia, o nosso foco, nossa intenção. É a expressão da nossa vontade.

Quando nos entregamos a torcida de um time de futebol, um grupo religioso, político ou nos entregamos a uma corporação, vendemos barato nossa autenticidade e passamos a fazer parte da mentalidade de rebanho. Podemos odiar, e até matar porque a mente coletiva assim deseja.

Se a nossa consciência diz respeito a nossa verdadeira personalidade, então a autenticidade une-nos a nossa alma.


Quando optamos por nos libertar desse jogo de mesmices, optando por ser autêntico, estamos fazendo um investimento na visão de quem realmente somos. 

Autenticidade é a pedra angular que transforma a nós mesmos e, finalmente, o mundo a nossa volta. Quando nós nos comprometemos a viver uma vida autêntica, estamos nos dedicando a fazer toda a diferença.


Este é a verdadeira realização da vida, o verdadeiro significado de viver. Benefício que foi roubado da humanidade pela mente coletiva, a mentalidade de rebanho... 

Fuja da mente de rebanho, seja você mesmo, seja único. Essa é a verdadeira e gloriosa liberdade que pertence aos filhos livres do universo.






Baseado nas seguintes fontes:


4 comentários:

  1. Muito Bom!! Nesses tempos de uniformização e uniformidades,demonstrar autenticidade é quase crime!!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Texto perfeito! Tudo o que muita gente pretende dizer e se cala, para "acompanhar a onda" dos que desejam que muitos deixem de pensar e ser o que são!
    Parabéns! Um post para a eternidade!
    Namastê!
    Mariângela

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Amigos, pelo texto 'Somos Todos Únicos'.Nossos pais foram 'educados' e 'condicionados', desde crianças, assim como nós, num processo deliberado de 'massificação' que começa nas escolas, passa pela religião e hoje utilizado também pela mídia que, como já aconteceu, usou até sugestões subliminares: "Beba isto" ou "Coma aquilo", e vamos quais sonâmbulos-zumbis atender a tais sugestões! Colocam-se antolhos nos burros nas carroças para serem mais fácil direcionados para onde queiramos, e hoje os "antolhos" são tão sutis que as pessoas agem como animais de rebanho e são facilmente manipuladas! Daí a extrema importância da autoconscientização que vocês estão fazendo... Nossos blogs 'anjosensinosluz' e 'portaldeanjos', publica também textos variados visando o mesmo objetivo! Na verdade, para o observador atento, até as folhas da mesma árvore podem ser diferenciadas umas das outras, e embora a Essência Divina seja a mesma por trás de todas as formas, a maravilha das maravilhas em toda a Criação Divina é fato de nascerem divinamente diferenciadas e, na manifestação humana, individualizadas! Somos partículas da Suprema Inteligência e nosso ser interior, imortal, traz dentro de si, latentes, todas as qualidades e potencialidades do Supremo Ser, para serem aqui, no campo quântico das possibilidades, despertadas e expandidas. Daí a imensa importância de cada ser buscar e descobrir dentro de si mesmo o verdadeiro ser espiritual por trás da personalidade, reassumir sua Consciência Divina, que é livre por sua própria natureza. Mas ninguém poderá fazê-lo em nosso lugar, por isso é lei cósmica: "Buscais e achareis!" Essa verdade só poderá ser reconhecida, porém quando comprovada dentro de nós mesmos! (Campos de Raphael).

    ResponderExcluir
  4. MUITO BOM O TEXTO DE ÚNICOS, JÁ DISSE ANTES QUE VIREI FÃ DE CARTEIRINHA E HOJE PUBLIQUEI VÁRIAS IMAGENS NO FACEBOOK. MEU LEMA É FAÇA O BEM NÃO OLHE A QUEM , ACORDE UM SÓ MAS ACORDE.

    ResponderExcluir