segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

As Respostas que Procuras...



As respostas que procuras não estão nos lábios de um amigo,
por mais que ele te ame...




As tuas verdades habitam em tua alma,
na melodia silenciosa do teu coração
Em teu silêncio, apenas tu poderás ouvi-las...




Tens todas elas, as respostas, encravadas como setas,
Em teu coração sensível.

Silencia e escuta!


Quebre as correntes que te prendem ao chão,
Encontre a resposta que procuras,
sabes que podes encontrar
E não te prenda ao chão nunca mais. 



Silêncio! 

As respostas que procuras e precisas ouvir, encontram-se dentro de ti, 
lá no fundo da sua alma, naquele silêncio entre você e Deus. 



És feito de pensamento, afeto e paixão. 

O que resta é nada 
além de carne e ossos. 



Somos o caçador e a caça, 

Outono e primavera, 
Noite e dia, 
O Visível e o Invisível. 
Somos o tesouro do espírito. 



Dentro deste mundo há outro mundo

impermeável às palavras.
Nele, nem a vida teme a morte,
nem a primavera dá lugar ao outono.



No amor fomos gerados. 
No amor nascemos.
No Amor morreremos.



* Essa postagem é um enxerto de pequenos textos de vários autores, entre eles: Nicoli Miranda, Natanna Xavier,  Rumi, Priscilla Rodighiero, Gilberto...





4 comentários: