sexta-feira, 27 de novembro de 2015

"As festas de Natal são uma farsa!" - Papa Francisco


Diante do consumismo, exploração do capEtalismo, violências mercadológicas e ameaças de guerras feitas por "cristãos" contra inimigos por eles mesmos produzidos, o Papa Francisco afirma: 
"As festas de Natal são uma farsa!"

"No momento em que homens se matam por conta da fé ou do dinheiro produzido pela fé, caberia ao Cristão "comemorar" a festa natalina? 


Para o mais popular papa da história recente do Catolicismo a resposta é "não!" 

Para ele, as festas de Natal são uma farsa na medida em que o cristão se preocupa com presentes, cartões, comida farta e presépios enquanto ignora a dor de milhões de pessoas em todo o mundo, especialmente das vítimas da intolerância. 


Francisco diz que os Cristãos deveriam orar e manter discrição nas festas natalinas.

O Papa afirmou, em homilia no Vaticano, que as festas de Natal tornam-se vazias e soam  falso perante um mundo que escolheu "a guerra e o ódio".


"Estamos perto do Natal: haverá luzes, festas, árvores iluminadas, presépios, mas é uma farsa. O mundo continua a fazer as guerras. Não escolheu o caminho da paz", lamentou o Francisco, na homília da missa matinal.


"Hoje há guerras em toda a parte e ódio. (...) 
E o que resta? Ruínas, milhares de crianças sem educação, tantos mortos inocentes, tantos. E tanto dinheiro nos bolsos dos traficantes de armas", denunciou o Papa, após o pior ataque terrorista na história francesa, a explosão de um avião russo, um duplo atentado suicida no Líbano e uma série de outros ataques mortais.

O Sumo Pontífice defendeu que a guerra é a escolha de quem prefere as "riquezas" ao ser humano.


"Devemos pedir a graça de chorar por este mundo, que não reconhece o caminho para a paz. Para chorar por aqueles que vivem para a guerra e que têm o cinismo de o negar", acrescentou o Papa, dizendo que "Deus chora, Jesus chora". 

O Papa falava no dia em que foi instalado na praça de São Pedro, em Roma, um grande pinheiro para as festividades de Natal.

O pinheiro com 25 metros de altura é oriundo da terra natal do anterior Papa e atual Papa Emérito Bento XVI, o estado da Baviera, no sul da Alemanha.

A árvore, que estará pronta a tempo do início do ano santo (Jubileu da Misericórdia) a 8 de dezembro, será enfeitada com ornamentos feitos por crianças com cancro que estão internadas em vários hospitais italianos.


Este ano, o presépio do Vaticano será composto por 24 figuras em tamanho natural, esculpidas em madeira e pintadas à mão. 

Ao lado das figuras habituais da história do nascimento de Jesus, a composição terá também esculturas de pessoas comuns, como um homem ajudando uma pessoa idosa.




Fontes:

5 comentários:

  1. Meu pinheiro é deus vivo no meu coração, as bolas multi coloridas são todos meus irmõs da terra mesmo aqueles que nao me compreendem, mas fzem parte desta terra e creio que todos somos um, com seus lados bons e negativos, mas que a essencia é unica e diferente.
    Os presentes que abrirei serão todos GRATIDÃO GRATIDÃO GRATIDÃO!

    ResponderExcluir
  2. Esse é meu sentimento no Natal onde o materialismo a soberba e a falta de humildade não deixam Jesus nascer nos corações dos homens, ultimamente graças ao bom Deus e ao Governo vigente meus Natais melhoraram, mas não materialmente mas nas vitorias de passar meu Natal sem ver nenhuma criança mais morrendo de fome e sede na noite de Natal como acontecia nos anos 80, onde a repórter relatava a criança em coma no colo da Mãe sem prestar nenhum auxilio para tentar salvar a criança da morte, mas a audiência não poderia ser encerrada porque o ibope estava altíssimo porque era noite de Natal e eu sempre me perguntei será que não era Jesus que estava morrendo naquele instante de fome e sede e as elites comemoravam seu nascimento com banquetes e especiarias? tudo isso é uma hipocrisia porque Jesus nasce somente no coração daqueles que o recebem de coração limpo e pleno de amor ao próximo, e jamais durante uma ceia farta e repletas de presentes caríssimos, e no Nordeste só restaram os cemitérios hoje ocupados por milhares de Anjos da fome igual a Jesus sem chance de viver!

    ResponderExcluir
  3. Muita atitude do PAPA.

    Remeteu-me ao Angelus Silesius:

    "Mesmo que o Cristo nasça mil vezes em Belém, se ele não nascer em ti,tua alma continuará desamparada."








    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Está acontecendo uma transição na Igreja Católica e os sinais desse evento começaram com João Paulo ll ao se questionar perplexo o que estaria fazendo ali, naquela suntuosidade. O Papa Francisco está transformando essa transição em revolução positiva, suas atitudes são todas as de um reformador...

    ResponderExcluir