quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Descoberto Um “Novo” Stonehenge





Stonehenge — localizado na Inglaterra — é um dos grandes mistérios da humanidade. Afinal de contas, quem teria levado aquelas imensas pedras até o local em que elas estão? Mais do que isso: por quê? 

As respostas para isso ainda estão muito longe de serem conhecidas — se é que algum dia serão —, mas agora cientistas podem ter encontrado novas dicas para tentar solucionar o caso histórico.

Pouco mais de três quilômetros para o nordeste de onde está o Stonehenge, cientistas descobriram outra disposição rochosa milenar. 

Isso aconteceu em um local chamado de Durrington Walls, que é composto basicamente por inclinações com vegetais e algumas poucas árvores de diversas estaturas e espécies. Mas abaixo do nível que pode ser visto está algo bem interessante.

A nova estrutura foi revelada pelo projeto Stonehenge Hidden Landscapes, que usou técnicas de prospecção geofísica não invasivas e de sensoriamento remoto, o que tornou possível a detecção sem a necessidade de escavação. De acordo com os pesquisadores, é possível que as rochas tenham sobrevivido porque foram soterradas para a construção do banco de areia que cerca o assentamento do “super-henge”.


Ilustração mostra como seria a fileira de pedras descoberta em Durrington Walls 

Nada foi escavado até o momento, mas já se sabe que as pedras de 4,5 mil anos, algumas com mais de 4 metros de altura, estão enterradas a cerca de um metro de profundidade e foram identificadas com o uso de um radar no "Super-henge" de Durrington Walls, um enorme círculo de pedras, muito maior do que Stonehenge, na mesma região do monumento.

— A descoberta de um novo monumento de pedra tem implicações significativas para o nosso entendimento de Stonhenge e sua paisagem — disse Vincent Gaffney, professor da Universidade de Bradford e um dos autores da descoberta. — Essa nova evidência não apenas demonstra uma fase completamente inesperada da arquitetura monumental e um dos maiores sítios cerimoniais da Europa pré-histórica, como a nova linha de pedras pode ser contemporânea da famosa Stonehenge ou até mesmo mais antiga.



Círculos verdes mostram posição das pedras


Arqueólogos acreditam que cerca de cem monolitos descobertos a poucos quilômetros do misterioso monumento arqueológico de Stonehenge poderiam ser a maior estrutura neolítica da Grã-Bretanha.

O monumento, que teria 1,5 km de circunferência e 500 m de diâmetro, é de uma "escala extraordinária" e único, de acordo com os pesquisadores. A área de Durrington Walls teria cinco vezes o tamanho de Stonehenge.


As pedras foram erguidas ao lado de uma vala circular escavada na terra, formato característico dos henges, nome dado a um tipo específico de aterro do Período Neolítico que consiste em um área terraplanada em forma circular ou oval com uma vala interna cercando outra área circular de cerca de 20 m de diâmetro.


"Achamos que não há nada como isso no mundo", disse o pesquisador que liderou o grupo, Vince Gaffney, da Universidade de Bradford. "Isso é completamente novo e a escala é extraordinária."


"A presença do que parecem ser pedras, cercando o local de um dos maiores estabelecimentos neolíticos da Europa, acrescenta um novo capítulo à história de Stonehenge."


Simulação do Ludwig Boltzmann Institute da localização das pedras encontradas (Foto: Ludwig Boltzmann Institute/BBC)



Em Durrington Walls, uma depressão natural perto do rio Avon parece ter sido acentuada por cortes realizados pela população que habitou a região e, em seguida, as escarpas foram delineadas pela fileira de pedras, formando uma arena em formato de “C”. Embora nenhuma das rochas tenha sido escavada, uma estrutura que pertence ao campo adjacente sugere que as pedras tenham vindo de fontes próximas.

— Nosso radar de alta resolução revelou uma incrível fileira de cerca de 100 rochas, sendo que um grande número delas sobreviveu após serem soterradas — disse o professor Wolfgang Neubauer, da Universidade de Bradford. — Ao leste, até 30 pedras, medindo até 4,5 m x 1,5 m x 1 m, sobreviveram abaixo do banco, enquanto em outras áreas as rochas estão fragmentadas.

Estudos anteriores na área levaram os arqueólogos a acreditar que apenas Stonehenge e um círculo menor, ao fim da chamada Avenida Stonehenge, possuíssem estruturas significativas de pedra. 

Simulação mostra área coberta


— Tudo o que foi escrito sobre Stonehenge e os antigos monumentos precisa ser revisto — disse Paul Garwood, arqueologista da Universidade de Birmingham.

Essa é a mesma opinião de Nick Snashall, arqueólogo da organização Stonehenge World Heritage Site, mantenedora do centro de visitação e do monumento de Stonehenge.

— A paisagem de Stonehenge foi estudada por séculos, mas o trabalho do projeto Hidden Landscapes está revelando mudanças sem precedentes na História da região — disse Snashall. — Esses últimos resultados nos mostram provas do que se encontra abaixo de antigos trabalhos de terraplenagem em Durrington Walls. 


A presença do que parecem ser pedras, que circundam uma das maiores povoações neolíticas da Europa, acrescenta um novo capítulo à História de Stonehenge.


O achado, animou os pesquisadores, que esperam poder compreender melhor a cultura milenar que construiu tais monumentos.



Estima-se que seja cinco vezes maior que Stonehenge

A descoberta do novo monumento representou um enorme avanço para tais estudos. No site da Universidade de Birmingham, uma das instituições que participam do projeto, o professor Vince Gaffney explica que costumava-se pensar em Stonehenge como um local único e isolado; a descoberta do novo círculo, que mantém contato visual com o primeiro monumento, vai mudar completamente a compreensão que se tinha desses ambientes e de suas funções sociais e religiosas.

A próxima etapa do projeto será uma espécie de “raio X” do novo Stonehenge. Os especialistas esperam conseguir uma imagem em três dimensões do monumento enterrado e seu entorno para prosseguir com os estudos.










Fontes:http://www.tecmundo.com.br/ciencia/86016-misterio-radares-encontram-novo-monumento-pedras-stonehenge.htm
 http://www2.uol.com.br/historiaviva/noticias/descoberto_um_-novo-_stonehenge.html
http://oglobo.globo.com/sociedade/historia/novo-monumento-de-pedra-descoberto-perto-de-stonehenge-17423629





Nenhum comentário:

Postar um comentário