quinta-feira, 18 de junho de 2015

Não acredito na evolução da humanidade




Não acredito na evolução da humanidade. 

Não esse ente abstrato e coletivo. 

Apesar dos avanços científicos/tecnológicos confesso não encontrar correspondentes no coração humano; mesquinho e egoísta. 

Porém, acredito na evolução do individuo, na capacidade de enxergar-se como é e, apesar dos pesares, fazer escolhas em amor. 



Sinto que é preciso que cada indivíduo se assuma como responsável por suas escolhas, consciente que humanidade é apenas o coletivo de cada homem e cada mulher.


Não acredito em nenhum tipo de evolução espiritual ligado à slogans ou instituições. 

É possível identificar inúmeras mudanças de discursos, troca de símbolos, alternâncias de práticas, de linguagem, mas na minha opinião será sempre o mesmo de sempre se a tal evolução espiritual estiver desconectada de crescimento humano e isso não cabe em nenhum grupo, nenhuma ideologia, nenhum sistema a não ser na disponibilidade de cada um em enxergar-se de maneira descomplicada e natural, sem medo de identificar seus próprios fantasmas interiores, livrar-se deles e seguir adiante.


Isso vale para mudanças políticas. Não acredito em viradas ideológicas a não ser que sejam precedidas por mudanças de consciências.

Crescimento em consciência, em valorização do próximo, em inclusão, em simplicidade atrelada às práticas do dia a dia. Isso não tem a ver com estudos ou conhecimento intelectual de nenhuma natureza, mas em projetar significados simples no caminho, reconhecendo a importância de todos, assumindo-se como parte significativa de um corpo, o nosso planeta, como responsável pelo mundo que é e por todos os mundos que cruzam por nós.




Para mim espiritualidade sem humanidade é campo fértil para arrogância e distorção de valores.

Sempre que uma mente se abre, um mundo inteiro muda e, quando um mundo muda, desencadeia uma serie de mudanças que não temos controle e seguirá adiante, subvertendo a ordem do sistema.

Se não creio na mudança da humanidade continuo crendo na mudança de indivíduos. 


Por isso continuo crendo que a caminhada vale a pena.

Por Flavio Siqueira





Fonte: http://flaviosiqueira.com/2015/06/05/nao-acredito-na-evolucao-da-humanidade/

Nenhum comentário:

Postar um comentário