domingo, 17 de maio de 2015

LUZES DO MUNDO - SRI PREM BABA



Sri Prem Baba é um líder humanitário e mestre espiritual da antiga linhagem Sachcha que está a serviço da transformação planetária e da paz global, trabalhando através do exercício do amor e da compaixão para restabelecer e elevar os valores humanos, espirituais e sociais. 

Janderson Fernandes de Oliveira, era discípulo do Guru Sri Hans Raj Maharajji em Rishikesh, na Índia, até receber a sua iluminação no ano de 2002. A partir daí, ele passou a ser conhecido como Prem Baba, que significa pai do amor (prem - amor, baba – pai). Hoje ele é que é visto como um guru espiritual e um grande líder humanitário.



Nascido na Aclimação, em São Paulo, em 1965, Janderson afirma ter tido suas primeiras dúvidas existenciais aos 7 anos.

Aos 12 anos, quando leu um livro chamado “Entre os Monges do Tibet”, teve a impressão de que já conhecia tudo aquilo: a rotina de um monastério e suas práticas. Curioso e sedento por conhecimento espiritual, com aproximadamente 14 anos de idade, Janderson filiou-se à Ordem Rosa Cruz, e começou a praticar Yoga, onde buscava técnicas de desenvolvimento dos poderes da mente.

Numa aula de ioga em Guarulhos, ele teria tido uma visão. Uma pessoa lhe dizia que aos 33 anos ele deveria seguir para a cidade de Rishikech. 

Janderson diz que nem entendeu bem o que aquilo queria dizer. Não tinha nenhuma ligação mística, muito menos com a Índia. Mais tarde, formou-se em psicologia e foi fundo nos estudos da mente humana. 

Alguns anos correram e aos 32, morando no bairro de Higienópolis, em São Paulo, nova visão, durante um período de crise pessoal. 

A mesma figura de barbas brancas o chamava para ir a Rishikech quando completasse 33 anos. Na mesma Índia, durante sua lua de mel, Janderson conta que recebeu seu terceiro chamamento, no interior de um carro velho e quente, na cidade de Haridwar. Ele relata que a caminho de Rishikech toda a sua angústia desapareceu e que ao bater na porta de um Ashram na cidade foi recebido por um mestre de longa e respeitada linhagem, Raj Maharajji, que o acolheu e se tornou seu guia.



Formou-se também em medicina tradicional chinesa e naturopatia. Trabalhou com terapias de vidas passadas no IPA (Instituto de pesquisa de fenômenos parapsicológicos). Foi introduzido ao Xamanismo oriundo da floresta amazônica peruana. 

A experiência foi bastante significativa, o que o instigou a procurar saber mais sobre o universo das plantas de poder. Nessa fase, deixou a Ordem Rosa Cruz, mas nunca deixou de lado a prática da Yoga em suas diversas formas, conhecimento que o acompanha até hoje.

Ao longo desses oito anos, Janderson, desde 2002 Sri Prem Baba, aprofundou seu conhecimento das filosofias do Oriente e  juntou com o que sabia da psicologia ocidental e com suas profundas experiências nas práticas e rituais da floresta brasileira como o Santo Daime. 

Hoje se define como “um mestre espiritual que está trabalhando firmemente com o propósito de acordar o amor em toda a humanidade”. 

“Estou trabalhando para fazer pontes entre mundos. Entre o Ocidente e o Oriente, entre a ciência e a espiritualidade, entre a floresta amazônica e o Himalaia.”

Mestre espiritual, trabalha restabelecendo e elevando os valores humanos, sociais e espirituais, sempre seguindo os princípios do hinduísmo. Ajudando as pessoas a reconhecer seus dons, talentos natos e presentes que trazem para o mundo, ele afirma que estes são “os verdadeiros propósitos de estarmos aqui”.



Sri Prem Baba passa no Brasil alguns meses do ano, onde construiu o Sachcha Mission Ashram (Nazaré Paulista, São Paulo), e divide o restante do tempo entre o Sachcha Dham Ashram em Rishikesh (Índia) e outros lugares do mundo para onde viaja visitando os diversos centros que estão se desenvolvendo com base nos seus ensinamentos.

Sri Prem Baba realizou-se em Deus, através do encontro e da graça de seu Guru, Sri Sri Hans Raj Maharajji, e vem, desde então, transmitindo os ensinamentos da linhagem Sachcha Baba para seus discípulos, e recebendo pessoas de todo o Brasil e de vários países do mundo que o procuram, a fim de receber suas bênçãos e aconselhamentos.



Como um Mestre Espiritual, Ele trabalha em prol do Universo, despertando Deus nas pessoas e estabilizando os valores sociais. 

“... As pessoas têm muito medo da vida - umas mais, outras menos. Medo de desfrutá-la, de viver sem problemas, ter uma mente desocupada, sem nada a fazer. Isso é uma mente meditativa. Mas a verdade é que as pessoas não suportam essa desocupação. Elas têm de se ocupar, e o que é feito para isso? É criado um problema! É isso que quero dizer sobre a mente ter passado dos limites: ela se tornou especialista em criar con itos. A mente tem estado a serviço dessa entidade chamada ‘sofrimento’. E o que convido a fazer é relaxar e desocupar a mente. Experimente, corra o risco! Abandone os velhos hábitos! Ser. As pessoas estão ocupados tentando ser. Todos os problemas que elas têm criado são resultado dessa tentativa de ser. Abandone as tentativas: apenas seja”. - Sri Prem Baba




Seu trabalho é construir pontes: entre ocidente e oriente, entre ciência e religião, psicologia e espiritualidade e entre os diversos saberes com o propósito de criar união. Para isso, ele desenvolveu um método de autoconhecimento chamado Caminho do Coração no qual são utilizadas diversas ferramentas. 

O Caminho inicia com a purificação e integração da personalidade através da autoinvestigação e da identificação dos condicionamentos que causam as repetições negativas; passa pelo descondicionamento da mente e pela desidentificação das imagens que geram a destrutividade, o que possibilita o despertar da consciência maior e a sustentação do êxtase. 



Sri Prem Baba trabalha para que possamos ser canais do amor divino através da manifestação dos nossos dons e talentos, ou seja, para que possamos entregar os presentes que trouxemos para o mundo, realizando assim o dharma ou propósito da vida que é, em essência, a entrega a Deus e a caridade universal.

Diante do inquestionável fato de que a educação é uma das formas mais eficazes de promover mudanças no perfil de uma sociedade, recentemente Prem Baba ji fundou no Brasil o Instituto Mundo Melhor, uma organização social sem fins lucrativos que tem como missão promover a educação integral. 



Além da Mediação de Conflitos, que vem sendo aplicada em diversas comunidades desde 2010, o Mundo Melhor está desenvolvendo o projeto Cultura de Paz e Prosperidade que tem como principal valor a não-violência e como objetivo promover a mudança de cultura da economia vigente, hoje baseada no medo da escassez, que na verdade é a fonte da miséria e da pobreza no mundo. 

Esse projeto pretende oferecer uma base sólida para a mudança do paradigma dessa economia baseada no medo para uma economia baseada no amor, na cooperação, confiança e na compreensão de que todos podem ser prósperos juntos. 

Segundo a visão de Prem Baba, a cultura de paz está intimamente relacionada com a prosperidade, visto que prosperidade não é acúmulo de riqueza, mas sim ter suas necessidades atendidas sem que, para isso, haja necessidade de competição – que é uma das principais sementes dos conflitos.

"O cerne da espiritualidade é a inclusão radical, a união. Tudo que gera afastamento não é espiritual. E muitas religiões estão perseguindo, excluindo, negando a liberdade do outro." - Sri Prem Baba



Como o conceito proposto por Prem Baba exige uma resignificação de valores cultuais e sociais, o Cultura de Paz e Prosperidade nas Escolas trabalhará com crianças, pois elas ainda não estão totalmente condicionadas pelos padrões atuais. 

Para dar suporte a esse trabalho o Instituto Mundo Melhor terá um vasto programa de capacitação e vivência com os professores para que eles possam se tornar multiplicadores desse novo modelo de educação. 

Esta iniciativa reflete o reconhecimento de que uma educação integral, baseada em valores universais, é ferramenta fundamental na formação de cidadãos mais conscientes de seu papel social e humanitário.



Sri Prem Baba também está apoiando outros projetos sociais, entre eles o movimento Ganga Action Parivar, fundado pelo respeitável Pujya Swami Chidananda ji (Parmarth Niketan). Ao se conhecerem, Sri Prem Baba e Pujya Swami ji imediatamente se uniram, pois viram que compartilhavam das mesmas aspirações. 

Ambos já estavam trabalhando em prol da preservação da Ganga e buscavam também soluções para o problema do lixo e do esgoto. Movidos por essa intenção que visa também facilitar a jornada do peregrino espiritual nos lugares sagrados, Sri Prem Baba e Pujya Swami ji criaram o projeto ecológico “Global Sangam for Environmental Preservation and World Peace” que está sendo realizado no Kumbh Mela 2013. 

O acampamento, que está localizado bem em frente ao sangam, próximo ao Sachcha Ashram, foi batizado pelos discípulos de Sri Prem Baba ji de “Together 2013”, pois reúne buscadores espirituais de todas as partes do mundo que também estão apoiando a mesma causa. 

A ideia é proporcionar um espaço onde iniciativas e ideias verdes possam ser apresentadas e disseminadas para toda a Índia e posteriormente para todo o mundo. No momento, o foco principal é a purificação das águas e a limpeza das margens da sagrada Mãe Ganga.

A união dessas duas forças - Ganga Action Parivar e o Caminho do Coração - cria a combinação perfeita entre a ecologia externa e a interna, entre o karma e o bhakti yoga, entre a ação e a devoção. 




Prem Baba acredita que somente quebrando as barreiras da separação é que o parivartan (transformação planetária) e o sankalpa da linhagem Sachcha, que consiste em essência em transformar o sofrimento em alegria, serão realizados.

Prem Baba fala o que a humanidade quer ouvir. Acolhe um mundo carente de conforto espiritual. Foge dos padrões das religiões cristãs, como catolicismo e protestantismo, segundo as quais Deus observa de binóculo qualquer tropeção aqui embaixo.

O pai do amor (significado de Prem Baba) não faz sermão. Não julga. Nunca franze a sobrancelha. Parece sorrir com os olhos ininterruptamente. 

Tem a voz tão aveludada que é impossível não baixar o tom quando se conversa com ele. Sua missão, diz, é esbanjar o amor desinteressado. Além dos atrativos óbvios, salpica em seu trabalho conceitos da psicologia analítica de Carl Jung, herança de sua formação. 




“Tudo é Um. Alguns me veem fazer um ritual védico e acreditam que eu sou hinduísta; outros me veem cantar alguma música crística e acham que eu sou cristão; alguns me veem cantar um mantra budhista e acham que eu sou budhista... Mas, eu não sou hinduísta, não sou cristão, nem budhista e, ao mesmo tempo, sou tudo. Eu sou a Verdade. Eu pego a essência (somente o que é verdadeiro) de cada tradição.”  - Sri Prem Baba











Fonte: http://www.sriprembaba.org/pt-br
http://revistaepoca.globo.com/vida/noticia/2012/08/o-guru-do-amor.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário