sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

A VIDA ME ENSINOU...




A VIDA ME ENSINOU


"A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração; 


Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam; 
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar; Calar-me para ouvir; aprender com meus erros. 
Afinal eu posso ser sempre melhor. 


A lutar contra as injustiças; 
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo. 
A ser forte quando os que amo estão com problemas; 
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho; 
Ouvir a todos que só precisam desabafar; 
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos; 
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão; 
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor; 
A alegrar a quem precisa; 
A pedir perdão; 
A sonhar acordado; 


A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário); 
A aproveitar cada instante de felicidade; A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar; 
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las; 
A ver o encanto do pôr-do-sol; 


A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser; 
A abrir minhas janelas para o amor; 
A não temer o futuro; 
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher."



*Charles Chaplin



5 comentários:

  1. Muito de tudo aí postado, também é um "pedacinho" de mim. :)
    A vida nos ensina, cotidianamente.
    Basta manter as "portas" do Coração abertas, ter Olhos de ver e Ouvidos de ouvir.
    Esse "aprendizado" ou... Apreendizado faz parte do "exercício" de burilar-se, lapidar-se, aparando "arestas", iluminando as "zonas de sombra" e, por vezes, muitas vezes até, liberar-se de "fardos" que nos pesam, quebrar as "correntes" com as quais nos aprisionamos...
    É parte intrínseca do "Sacro-ofício" e do Serviço, também!
    Nas palavras de SNOW*: "Não são vocês que conduzem a vida. É a Vida que vos Conduz".
    Vida que nos leva!...
    Aquí-Agora e Aléemm!... :)

    Cecy.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa Vibração de Chaplin que aqueceu o meu Coração !
    Essa Linda Alma que esteve aqui entre os mortais compartilhou e deixou para a nossa alegria a sua mensagem de Amor para toda a Humanidade !
    Chaplin foi e ainda é uma inspiração para muitos ,para seguirem em suas vidas sem medo algum , apenas seguindo com muita Alegria o que tem de ser vivido aqui neste "Presente"

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Me identifiquei com tudo o que está escrito! Bjs :)
    amo muito chaplin

    ResponderExcluir
  4. CHAPLIN EM SUA ÉPOCA JÁ ERA UM HOMEM , UM CORAÇÃO MUITO ALÉM !!!

    GRATAS PELAS VOSSAS QUERIDAS PRESENÇAS , CECY E NEIA .

    BEIJOS NOS CORAÇÕES !

    TENHAM UM ALEGRE FINAL DE SEMANA , E QUE POSSAMOS À CADA DIA , NÃO SÓ ABRIR MAS , ESCANCARAR NOSSAS PORTAS E JANELAS DO CORAÇÃO PARA O AMOR , POIS É ISSO O QUE SOMOS EM VERDADE !!

    ResponderExcluir
  5. Amar e ser amado, deveria ser a maior das pretensões, só assim, o amor em si, seria mais compreensível.

    ResponderExcluir