terça-feira, 23 de setembro de 2014

Esta é a sua vida, e ela está acabando um minuto de cada vez.



Nas palavras do Tyler Durden:

"Esta é a sua vida, e ela está acabando um minuto de cada vez.

A sua vida é este sonho onde a lucidez é apenas uma ilusão com a qual você alucina nos raros momentos onde para e pensa em alguma coisa que não seja um monte de porcarias aleatórias. 



Olhos abertos, olhos fechados, dormindo ou acordado, qual a diferença? Você não tem autonomia alguma para decidir nada. Nem mesmo o que, em quem ou como quer pensar.

Um momento é o máximo que você pode esperar da perfeição, então nunca seja completo, pare de ser perfeito, deixe se envolver, deixe que os chips encaixem onde quer que seja.

As coisas que você possui acabam possuindo você. É apenas depois de perder tudo que estamos livres pra fazer qualquer coisa. Só se pode ressuscitar depois do desastre. Liberdade é perder toda a esperança.


Você é incapaz de admitir que é um nada, que a sua presença na Terra significa tanto quanto um átomo de um grão de areia na praia. Mas nada é estático. Até a Mona Lisa está se desintegrando.

Às vezes você faz as coisas e acaba se ferrando. Outras, são as coisas que não faz que acabam ferrando você.


A camisinha é o sapatinho de cristal da nossa geração. Você calça quando conhece uma pessoa. Dança a noite toda e depois joga fora. A camisinha, não a pessoa.



Você tem uma classe de mulheres e homens jovens e fortes que estão dispostos a dar a vida por alguma coisa. A publicidade persegue essa gente com carros e roupas desnecessários. 

As gerações vêm trabalhando em empregos que odeiam, comprando o que não têm a menor necessidade.

Há um mecanismo de auto-defesa que afasta esta geração de ter qualquer conexão ou compromisso honesto e real com seus sentimentos verdadeiros. 



Vocês torcem  por times de futebol, mas não estão entrando no campo para jogar. Estão tão preocupados com metas e ganhos - como se estas duas coisas fossem tudo o que irão lhe resumir no final.

Só se auto-destruindo você vai descobrir a força superior do seu espírito.

Você não é o seu trabalho. Você não é a quantidade de dinheiro que tem no banco. Você não é o carro que dirige. Você não é o conteúdo da sua carteira. Você não é a porra das suas calças. 

Você não é o que faz para viver. Você não é a sua família e não é quem pensa que é. Você não é o seu nome.Você não é os seus problemas. Você não é a idade que tem. Você não é suas esperanças.



Vocês são uma geração sem peso na história, sem propósito ou lugar. Não tiveram uma guerra mundial, não tiveram uma grande depressão. Sua guerra é espiritual, Sua depressão são suas vidas.


Vocês são os filhos do meio da história e foram ensinados pela televisão a acreditar que um dia serão milionários, astros de cinema e do rock, mas é mentira.


Tudo o que você mais ama o rejeitará ou morrerá. Tudo o que você já criou será jogado fora.
Tudo de que você mais se orgulha terminará em lixo. "



Tyler Durden é uma criação esquizofrênica de Jack, protagonista do livro “Clube da Luta”.

E você, o que pensa sobre isso?





Nenhum comentário:

Postar um comentário