domingo, 1 de junho de 2014

LUZES DO MUNDO - GREGG BRADEN



GREGG BRADEN - ENCONTRANDO A ENERGIA DE DEUS

Gregg Braden (nascido em 28 junho de 1954) é um autor americano de literatura New Age, conhecido mundialmente por sua preocupação com relação a inversão dos polos magnéticos da terra. Braden argumenta que a mudança no campo magnético da Terra pode ter efeitos sobre o DNA humano.  Ele também defende que as emoções humanas afetam o DNA e que a oração coletiva pode ter influencias nos processos de cura. 

Por mais de 27 anos, explorou aldeias remotas  de montanhas, mosteiros e templos e textos esquecidos, em busca de segredos intemporais. A sua busca conduziu-o a descobertas fascinantes e controversas.

Combinando suas descobertas com o melhor da ciência de hoje, sua pesquisa original cruza as fronteiras tradicionais da ciência, história, religião e oferece novas idéias sobre o mistérios antigos. Ao fazê-lo, ele redefiniu o nosso relacionamento com nossos mundos interiores e exteriores, ao compartilhar sua vida, afirmando mensagem de esperança


Desde o seu primeiro livro, Gregg Braden tem-se aventurado para além das fronteiras tradicionais da ciência e da espiritualidade, oferecendo soluções relevantes para os desafios do nosso tempo.

Autor de vários best-seller Gregg Braden é reconhecido internacionalmente como um pioneiro na ponte ciência, espiritualidade, e o mundo real. 

Gregg Braden foi desenhista de sistemas de computação aeroespaciais e geólogo chefe da Phillips Petroleum.   Após uma bem sucedida carreira como Geólogo e analista de Computador para a empresa petrolífera Phillips Petroleum, durante a crise de energia da década de 1970, ele trabalhou como Designer Sênior de Sistemas de Computação, com Sistemas de Defesa na empresa do complexo militar-industrial Martin Marietta Defense System, durante os últimos anos da Guerra Fria entre URSS e EUA. 

Em 1991 ele se tornou o primeiro Gerente de Operações Técnicas  da companhia Cisco Systems, onde liderou o desenvolvimento da equipe de apoio global que assegurou a confiabilidade da internet de hoje.


Gregg Braden é, provavelmente, a pessoa mais reconhecida das que estão avaliando e revelando os fenômenos científicos que indicam a mudança de polos no planeta. 

Suas descobertas são compartilhadas em 33 países e 38 línguas através de livros inspiradores, que rompem com diversos paradigma como: O Código de Deus, A Matriz Divina, Tempo Fractal .



Em 2007 seu best-seller "A Matriz Divina", foi selecionado como livro-texto para cursos de nível universitário, explorando as novas descobertas da ciência e da nossa relação com o mundo. 

Gregg é um membro ativo de várias organizações, incluindo a Fundação "Chopra" fundada por Deepak Chopra em 2008, e recebeu inúmeros prêmios em reconhecimento aos seus conhecimentos e inovação. 

O trabalho de Gregg foi compartilhado em todos os continentes do mundo e nos últimos anos tem apresentado seus seminários e treinamentos para empresas, negócios internacionais e agora é destaque em especiais de mídia no History Channel, Discovery Channel e National Geographic.

Gregg Braden consegue expor com bastantes bases científicas, a importância da era em que vivemos e os tempos que se aproximam. 

“Zero Point” é a terminologia científica que os físicos encontraram para denominar o aqui/agora, o eterno presente, a noção de que tudo está interligado, inclusive o tempo. “Acordar” para esse nível de consciência quebrará a nossa noção linear do tempo e abrirá as portas para uma nova maneira de funcionar no universo.




"Você sabe que hoje a ciência já provou através da física quântica que somos energia e que estamos todos conectados através de nossa vibração?Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal, está em todos os lugares. E como somos a imagem e semelhança de Deus, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso. Somos seres espirituais e não seres feitos de matéria." Gregg Braden

Durante muito tempo achava-se que a menor partícula de uma célula, o átomo, era feito de matéria. Depois descobriram que na verdade a maior parte de um átomo é vácuo, então achava-se que o núcleo, que é muito pequeno, fosse material. Essa idéia caiu por terra quando através do uso de microscópios eletrônicos muito potentes, verificou-se que o núcleo de um átomo é apenas energia condensada, não é matéria. 

Mas se tudo que existe no mundo “material” é feito de um conjunto de células, estas são feitas de átomos e se um átomo de qualquer coisa não é material, então no nível microscópico, nada é material, tudo é vibração, tudo é feito de energia condensada.




"Vivemos em um universo de vibração e nossos corpos são feitos a partir da vibração da energia que emanamos constantemente."

Apesar de pouco conhecida ainda, a descoberta do Grande Código Isaias nas cavernas do Mar Morto em 1946 revelou as chaves sobre nosso papel na criação.

Entre essas chaves encontram-se as instruções de um modelo “perdido” de oração que a ciência quântica moderna sugere que tenha o poder de curar nossos corpos, trazer paz duradoura à nosso mundo e talvez prevenir as grandes tragédias que poderiam enfrentar a humanidade. Com as palavras de seu tempo, os essênios nos lembram que toda oração já foi atendida por Deus. 

Qualquer resultado que possamos imaginar e cada possibilidade que sejamos capazes de conceber, é um aspecto da criação que já foi criado e existe no presente como um estado “adormecido” de possibilidade. 



A física quântica já foi apelidada de Física das possibilidades por nos dizer que tudo o que imaginamos encontra-se disponível como uma das possibilidades que vamos assimilar em nossas vidas, só deveríamos “atrair” a que desejamos pelo nosso pensamento. 




DESPERTANDO PARA O PONTO ZERO - "Awakening to Zero Point”:


Neste livro, Braden descreve como percebeu que o magnetismo da Terra estava em seu ponto mais baixo em 2000 anos e continuava diminuindo a ritmo acelerado.  (Despertando para o Ponto Zero) – documenta este e outros indicadores da rápida mudança de nosso planeta.

Em "Awakening to Zero Ponto" Gregg Braden começa formular precisamente a relação entre o magnetismo da terra e a velocidade com que os nossos pensamentos são manifestados nesta ilusão. 

Segundo o livro, especula-se que há uma correlação entre o magnetismo e a consciência. A fim de entender como essa conexão pode funcionar, é útil compará-la com a memória de um computador. Os campos magnéticos da memória se mantêm em seu lugar graças a uma carga elétrica – uma corrente elétrica – que está dentro do próprio computador.


Quando as baterias do computador chegam ao fim, a carga se esgota e a memória se perde. E nós temos que reinstalar o sistema operativo. Da mesma forma, Braden acredita que quando a Terra passa pelo que a ciência considera uma inversão magnética, passa também por uma enorme mudança e limpeza de sua consciência.



Onde o campo magnético é menos denso, as pessoas estão mais abertas para as mudanças de consciência.

Quanto maior o magnetismo, demora muito mais tempo para que aquilo que pensamos e sentimos, seja manifestado em nosso mundo. Portanto, quanto menor o magnetismo, menor será o tempo de nos encontrarmos com a manifestação de nossos desejos.

O CÓDIGO DE DEUS:


Neste trabalho, Gregg Braden compartilha a descoberta que mudou sua vida e que o levou a se dedicar durante doze anos a um estudo profundo sobre as mais sagradas e respeitadas tradições da humanidade. 

A pesquisa global de Braden e suas descobertas controversas possibilitarão ao leitor - decifrar a mensagem codificada das nossas células desde o dia da nossa origem; reconhecer essa mensagem como um princípio universal de unidade que torna obsoleta a guerra com base nas nossas diferenças; conhecer o recém-revelado fragmento dos Manuscritos do Mar Morto, que comprova a legitimidade do texto descoberto nas nossas células; descobrir prova palpável e inédita de que somos parte de uma existência maior; e aprender como a mensagem no nosso DNA pode se tornar uma base para a resolução de conflitos.



Uma mensagem codificada foi descoberta nas moléculas da vida, no interior do DNA em cada célula do nosso corpo. 

Graças a um achado notável que liga o alfabeto bíblico ao nosso código genético, a 'linguagem da vida' agora pode ser lida como as letras antigas de uma mensagem eterna. Independentemente de raça, religião, herança cultural ou estilo de vida, a mensagem é a mesma em cada célula de homem, mulher e criança, do passado e do presente. 

Com quase um terço das nações do mundo envolvidas em conflitos armados, essa prova de um vínculo universal entre os seres humanos oferece uma evidência incontestável de que somos maiores do que qualquer crença que tenha nos separado no passado. Por meio dessa recém-descoberta expressão de unidade, encontramos um caminho que nos leva à paz quando as nossas diferenças parecem intransponíveis.

Braden deixa claro que a humanidade compartilha das três primeiras letras antigas que representam 75% do nome do Criador, “mas a quarta e última letra do nosso nome químico nos separa de Deus. 

Enquanto a presença de Deus é a forma invisível e impalpável dos três gazes, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio, a última letra do nosso nome é aquilo que nos dá a cor, o gosto, a textura e os sons do corpo: o carbono. A única letra que nos separa de Deus é também o elemento que nos torna reais no nosso mundo.

O EFEITO ISAÍAS: Decodificando a Ciência Perdida da Prece e da Profecia.


Poderia existir uma ciência perdida que nos possibilitasse sobreviver às profecias de Guerra, destruição e grandes tragédias há muito previstas para a humanidade? 

Seria possível que, em algum lugar perdido nas brumas de nossas lembranças mais remotas, tivesse acontecido algo que criasse uma lacuna no entendimento de como nos relacionamentos com este mundo e com o próximo?

E, sendo assim, esse conhecimento que nos falta poderia impedir as maiores tragédias com que a humanidade um dia se defrontou? Textos escritos há 2.500 anos, bem como a ciência moderna, indicam que a resposta a essa perguntas, e as questões semelhantes, é um retumbante sim! 

Além do mais, aqueles que nos precederem lembram-nos, na linguagem de sua época, que nos legaram duas tecnologias de extrema relevância para determinar a saúde do nosso corpo e o futuro deste nosso mundo. 

A primeira é a ciência da profecia, que nos possibilita vislumbrar as consequências futuras das escolhas que fazemos hoje. 

A segunda é a tecnologia de um tipo esquecido de oração, que nos dá a chance de escolher a profecia que queremos ver realizada. Cada vez que fazemos isso, constatamos em nossa vida O Efeito Isaías. 


A descoberta do Grande Código de Isaías nas cavernas do Mar Morto, em 1946, revelou pistas sobre o nosso papel na criação, que foram perdidas nas edições do século IV a.C. Entre estes achados se encontram as instruções de um modelo “perdido” de orar que a ciência quântica moderna sugere que tem o poder de curar nosso corpo, trazer paz duradoura ao nosso mundo e, quem sabe, evitar as grandes tragédias que a humanidade poderá enfrentar. 

Cada vez que utilizamos esta tecnologia interna para rezar, experimentamos “O Efeito Isaías”.

Qualquer que seja o resultado que podemos imaginar, assim como cada possibilidade de que somos capazes de conceber, é um aspecto da criação que já foi criado e existe no presente como um estado “dormente” da possibilidade. 


A MATRIZ DIVINA:


Estarão os milagres que observamos no mundo quântico a mostrar-nos a imensidão das nossas possibilidades e não os nossos limites científicos? Poderão a cura espontânea da doença, a ligação instantânea a tudo e todos, e mesmo as viagens no tempo, constituir o nosso verdadeiro legado no universo? 

Gregg Braden partilha na presente obra as suas descobertas, ensinando-nos a traduzir os milagres da nossa imaginação para aquilo que é real nas nossas vidas. Através de noções científicas acessíveis e histórias da vida real, mostra-nos que só as nossas crenças nos limitam e que aquilo em que acreditamos está a mudar!

Em muitos aspectos, nossa experiência com a Matriz Divina pode ser comparada ao software que faz nosso computador funcionar. Nos dois casos, as instruções devem usar uma linguagem que o sistema compreenda. Para o computador, trata-se de uma codificação numérica de Os e ls. 

Para a consciência, outro tipo de linguagem é necessária, uma que não faça uso de números, nem de alfabetos, nem mesmo de palavras. Como já somos parte da Matriz Divina, faz sentido que já tenhamos tudo o que é necessário para nos comunicarmos com ela, sem precisarmos de um manual de instruções ou de algum treinamento especial. E é assim que procedemos. 



A linguagem da consciência parece ser a experiência universal da emoção. Já sabemos amar, odiar, temer e perdoar. Ao reconhecer que tais sentimentos na verdade são instruções que programam a Matriz Divina, ficamos em condições de aprimorar nossas habilidades e compreender melhor como encontrar alegria, cura e paz para nossa vida. 


VERDADE PROFUNDA:


Quando novas descobertas põem em causa anteriores certezas, é altura de repensar as nossas convicções. Um novo mundo está a emergir perante os nossos olhos, enquanto o insustentável mundo do passado luta para continuar. 

Ambos os mundos refletem as crenças do nosso passado. Ambos existem - mas apenas por agora. Qual deles escolheria?  “A ciência é construída baseada em verdades profundas. Quando as novas descobertas mudam as crenças existentes, elas próprias se tornam as novas verdades profundas.”


“Estamos vivendo em um mundo de crises, crises que podem ser chamadas de a tempestade perfeita, a tempestade do milênio; o maior número de crises já visto, a maior magnitude de crises de todos os tempos. Em cinco mil anos de história, nunca se registrou tantas crises juntas em tão pouco tempo.”



“A boa notícia é que novas descobertas científicas estão prontas para nos ajudar a solucionar as crises, não apenas solucioná-las para que possamos continuar vivendo da mesma maneira, mas transcendê-las de forma a nos tornarmos pessoas melhores em um mundo melhor.”


TEMPO FRACTAL:


Neste Best-seller o autor Gregg Braden funde as descobertas modernas de padrões da natureza (fractais) com a antiga visão de um universo cíclico. 

O resultado é um modelo poderoso de tempo - o tempo fractal - e uma janela realista sobre o que podemos esperar para as nossas vidas e para o nosso mundo, como nos aproximamos 2012 - o fim do ciclo atual  - e além. 

Temos a oportunidade de escolher o nosso futuro. Podemos criar uma nova época de paz, cooperação e cura?

Gregg Braden, oferece soluções para os desafios do nosso tempo, revela em O Tempo Fractal, da Editora Cultrix, que o foco e a vida centrados no coração e na mente têm um efeito sobre a possível experiência de 2012 e dos tempos de mudanças.

"Agora é a primeira vez que temos a compreensão, a necessidade e a tecnologia para chegar ao reino de todas as possibilidades e escolher o tipo de futuro que surgirá do caos do presente."

Ao longo dos capítulos, Braden sustenta a ideia de que os antigos maias mapearam o tempo fractal numa série de calendários e que a resposta para a humanidade entender 2012 é saber ler esse mapa do tempo. Os maias viam a passagem pós-2012 como o começo de um novo ciclo da história para o potencial máximo da humanidade, oportunidade pela qual as próximas gerações terão que esperar 26.000 anos.



Resultado de mais de vinte anos de pesquisa, O Tempo Fractal, mostra também que o mistério para entender o ano seguinte e o tempo na história, está na compreensão da linguagem dos ciclos e da natureza, revelando que as nossas ações são repetições de ações do passado. 

Assim, a humanidade precisa utilizar essas linguagens para se preparar para o futuro. Gregg Braden acredita que, através de pensamentos positivos, as pessoas podem mudar a maneira de experimentar as coisas.


Vídeo: A Ciência dos Milagres (legendado) 





Fonte: http://www.greggbraden.com/

12 comentários:

  1. ESTOU ME INICIANDO EM SEUS LIVROS ME DESPERTAM MUITO INTERESSE

    FAREI COMENTÁRIOS MAIS TARDE

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que presente saber que os livros de Gregg Braden são lançamentos em Português? Podem ser encontrados com facilidade? Gratidão

    ResponderExcluir
  3. Deem uma estuda no site jw.org é maravilhoso! Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei fascinada e presa ao computador e voltei a ver de novo... Muito bom

    ResponderExcluir
  5. Estou facinada com a simplicidade dos ensinamentos e explanações.É URGENTE O APROFUNDAMENTO DESSE ESTUDO PARA TODA A HUMANIDADE. QUERO MAIIIIIIS !!!

    ResponderExcluir