quarta-feira, 2 de outubro de 2013

VIBRAÇÃO NATUREZA - CAÑO CRISTALES


A Serrania da Macarena é uma região colombiana que, localizada no departamento de Meta, é o ponto de encontro dos ecossistemas andino, amazônico e orinocense (Rio Orinoco). Habitada por camponeses herdeiros de um processo recente de colonização, motivado pela expulsão violenta de camponeses desde meados do Século XX, a Macarena é reconhecida tanto por sua importância físico biótica como pelos múltiplos conflitos que a cruzam.


A Serrania da Macarena foi a primeira reserva natural nacional estabelecida por lei da República em 1948 e foi constituída como Parque Natural em 1971. Este parque protege 6200 km² da serranía e seus arredores.

No sul da Serra da Macarena, no Parque Nacional Natural de Macarena, no extremo sul do Departamento de Meta, nasce um rio pequeno. Tem aproximadamente 100 km de comprimento e em lugares de maior largura não passa de 20 metros. Não tem peixes, devido à falta de sedimento que serviria de alimentos para esses animais, e na maior parte do ano é um rio como qualquer outro, sem nada de interessante para um observador. 

Mas quando as chuvas passam e a Macarena começa a se enxugar, as águas do rio Caño Cristales se abaixam, inicia um espetáculo de cores que acontece desde sua nascente até seu encontro com o Rio Guayabero. É a magia do Caño Cristales, também conhecido como, “o rio que fugiu do paraíso”, nome dado por Andrés Hurtado, um colombiano que explorou a região ou também “o rio das cinco cores”.



As rochas da Serra da Macarena têm mais de um milhão de anos, segundo especialistas do lugar, e é sobre elas que deslizam as águas do Caño Cristales. O rio é uma sucessão de corredeiras, cachoeiras, valas e bueiros. As águas são tão puras que exibe o fundo, e revela suas cores. Amarelo, azul, verde, preto e vermelho são as suas cinco cores predominantes, que são explicadas pela presença de algas de cores diferentes que fazem esse maravilhoso espetáculo visual. A cor roxa (vermelho bordô) deve-se a uma planta denominada ‘Macarenia clavigera”. A vegetação se agarra firmemente nas rochas e florescem quando as águas do rio estão no nível adequado, fazendo do Caño Cristales uma joia da Macarena e um patrimônio da Humanidade no coração da Colômbia.



Esta maravilha geográfica se esconde no Parque Nacional Natural da Macarena, na Serra da Macarena, na Colômbia. É o fabuloso Caño Cristales, também chamado de “rio das cinco cores”, “rio que vem do paraíso” e, com boa dose de razão, “o mais belo rio do mundo”. Não é muito longo, com 100 quilômetros de extensão, e, com seus apenas 20 metros de largura, fica multicolorido durante cinco meses.





É realmente uma maravilha biológica única. Durante a maior parte do ano, o Caño Cristales é indistinguível de qualquer outro rio, com uma cama de rochas cobertas de musgos maçante verdes e uma corrente azul escuro e fresco. No entanto, para um curto período de cada ano, as flores de rio em um arco-íris de cores por causa de algas e musgos florescem em uma exibição deslumbrante de cores como vermelho, amarelo, verde e azul, multicolor. Manchas de amarillo, azul, verde, preto e vermelho e mil tons entre eles o revestimento do rio. 


A turbulência da água provoca redemoinhos que desgastam as rochas, criando pequenos lagos circulares. Desde 2009 está aberto a visitas guiadas, mas a maior parte do caminho só pode ser feita a pé.


O rio foi declarado Patrimônio Biológico da Humanidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário