quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores



Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores
Geraldo Vandré


Também conhecida como "Caminhando", foi apresentada no III Festival Internacional da Canção da TV Globo (1968) e ficou em segundo lugar (a ganhadora foi "Sabiá), causando uma grande polêmica, porque o público, formado em sua maior parte por estudantes sedentos por músicas com teor de protesto, vaiou a decisão do júri e fez da explosiva "Pra Não Dizer..." uma espécie de hino de uma geração. O ano de 1968 foi marcado pela reorganização dos movimentos de massa após o AI-5, levando a muitas prisões e mortes. Geraldo Vandré se viu obrigado a fugir do país. Na época, a canção foi censurada e só foi liberada 11 anos depois, com a abertura política.



Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção



Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão




Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer



Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão



Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não





Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer




CRÉDITOS DO VÍDEO  : fkmotivating
(interpretação - Zé Ramalho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário