segunda-feira, 25 de março de 2013

REVIGORAR - Por Samuel Souza de Paula



REVIGORAR – Por Samuel Souza de Paula


Quando a vida se apresenta como uma fresta, caminhos fechados e ciclos difíceis, em algum lugar e no próprio caminho acontecem misteriosas festas, festa de possibilidades. 

Marcamos os dias, as semanas, os anos, caímos, levantamos, sorrimos, enxugamos as lágrimas, superamos desafios e o mundo continua girando. Para alguns este é o primeiro, para outros um último provável. Mas quem controla o tempo?

As datas só possuem significado quando atribuímos significado a elas. Pensamos que não é simplesmente a “Deus dará”, que precisamos assumir responsabilidade por nossa vida, nosso tempo, nossas escolhas. Que é bom ter sonhos, colorir as metas, manter a esperança, mas acima de tudo viver, viver o presente, o hoje, o agora.

O tempo assim como as folhas nos ensina a voar com o vento, às vezes muito forte, outras vezes bem fraco, mas em movimento, em uma eterna sucessão de fatos. Mundos que cruzam e mudam as estradas dos meses, dias que confunde as cenas e repassam as décadas em um milésimos de segundo. 

Mudanças. Luzes se acedem, luzes se apagam, roupas doadas, fotografias perdidas, novas resoluções, transformação, metas e promessas.

É verdade que algumas coisas perdemos e muitas outras ganhamos, mas neste instante a vida se abre em festa. Abrimos os olhos, despertamos. 

É um novo dia! Uma oportunidade de escrever uma nova página, um novo começo, fazer deste o primeiro, com energia, coragem, dar aquele importante passo, construir uma nova história.

É tempo de renovar, fechar os ciclos, abrir outras portas, evocar as forças da alma, revigorar. Sim, podemos fazer o nosso melhor e criar melhora em nosso caminho. E que venham os sorrisos, quem venha o amor de braços alargados com o amor que cultivamos em nós mesmos, o sucesso, o esplendor de uma boa atitude e muita consciência.

Queremos aprender com nossos erros, perder os antigos medos, ir a forra com nossos limites, quebrar velhos hábitos. 

Queremos uma vida verdadeira, queremos uma vida inteira, uma verdadeira reforma.


Fonte: http://espiritualidadenatural.blogspot.com.br/

Um comentário: