terça-feira, 12 de março de 2013

FÓRUM DE IDEIAS


Essa seção foi idealizada por sugestão da querida Luana Luz, objetivando criarmos um maior espaço de inteiração entre os membros do Blog Muito Além.

Aqui, todos poderão com toda liberdade, postar temas ou ideias para discussão, sempre tentando nos aprofundar sobre qualquer questão, sem nenhuma censura.

Todos podem participar, falando abertamente na área de comentários.

A contribuição de vocês é fundamental para que possamos construir um espaço muito além das palavras e sentidos.




6 comentários:

  1. Acompanhei grande parte das mensagens do AD. Fiz e faço alinhamentos, alguns protocolos, mas ainda não deixei completamente de funcionar pela lei da Ação/reação. Muito de minha personalidade ainda atua em mim. Adoraria dizer que vivo deslocalizado, em estado de Samadhi, sob o manto da Graça, mas a verdade é que eu observo e refuto ainda muita coisa.

    Atualmente, após a prisão de JL e o aparecimento na internet de textos escritos pelo próprio JL, começo a perceber uma similaridade de linguagem, estilo literário, e principalmente: conteúdo, com as mensagens canalizadas de tantos intervenientes distintos.

    Então Aivanhov (por exemplo) e Jean Luc falam as mesmas coisas? Tudo bem, tanto faz, o que importa é a mensagem e não o mensageiro.

    Mas agora surgiu Louis Geary, novinho em folha. Parece que o novo francês possui o mesmo “dom” mediúnico do JL e simplesmente deu continuidade ao trabalho do AD.

    Será que não é chegada a hora de pararmos um pouco de ler, ouvir, vibrar, seguir, esses supostos canalizadores, e escutarmos apenas o que dita nossos corações??

    João da Fonte

    ResponderExcluir
  2. É hora de abrirmos os corações definitivamente. Sem julgamento. Unidos.
    Anônimos.

    ResponderExcluir
  3. Querido João,
    Buscar acessar o absoluto, lendo mensagens e canalizações, seria o mesmo que tentar conhecer o sabor da comida, lendo apenas o cardápio.
    Parte da armadilha de seguir um caminho espiritual é correr o risco de tornar-se um buscador ao invés de um descobridor.
    Você não precisa de nada além de você mesmo. Nada está fora de nós João, e nunca vai estar!
    Esqueça o AD, BC, ou seu lá o que.
    Eram só mensagens, belas, profundas, que nos ajudaram a encaixar várias pecinhas...
    Eu amo as mensagens, como disse você mesmo, nunca os mensageiro.
    Buda foi um grande mensageiro, buscou sua sabedoria interna e revelou ao mundo.
    Jesus foi um grande mensageiro, trouxe com ele a lembrança da verdade suprema.
    Dalai Lama, é um grande mensageiro... ajuda a propagar o que o Buda acessou.
    Mas vamos reverenciar a essência, nunca o mensageiro.
    O caminho pra casa é o caminho pra dentro.E ninguém tem a chave que você precisa (Só você tem).
    Siga os passos que seus pés desejam..e de mais ninguém. Que, da sua boca saiam apenas as suas palavras, se entregue a isso e o absoluto que você é, se revelará a você.
    Você é lindo em sua coragem de se expor, em sua entrega.
    E só precisa ser anonimo, se essa for sua vontade!
    Beijos para você e todos que aqui se encontram!
    Luana

    ResponderExcluir
  4. Em sintonia com o blog:http://luznacarne.blogspot.com.br/
    Colocamos em nosso fórum esse belo tema para apreciação:

    Efêmero, Eterno
    Buscar, seguir, tanto faz...

    Essa ânsia de encontrar um salvador, alguém a quem recorrer, alguém a quem chamar... alguém para dizer o que fazer!!

    Tem gente que venera o interveniente e tudo que é dito, passa a ser inquestionável...

    Tem gente que idolatra o canal e aí se dedica loucamente em salvá-lo...

    Mas tem gente por aí que se ajoelha diante do blogueiro, que só publicava as mensagens...

    E busca no blogueiro a salvação. Passa a aceitar sua palavras e ações como sua própria verdade, passa a segui-lo aonde ele vá.

    Não há verdade, não há nada a ser salvo.

    O efémero é exatamente isso, EFÊMERO! Mutável, incerto, inconstante.

    E nós, em nossa essência,somos o eterno!

    ResponderExcluir
  5. Alegra-nos a ressonância...

    Ao não reverenciarmos ou revelarmos autores, tornamos-nos, consequentemente, transparentes à Luz e à vibração.

    Não sabemos quem enviou a mensagem acima.

    Até já


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo tipo de identificação com o ego, nos afasta do que realmente somos.
      Quando entendemos que não somos essa "identidade", quando percebemos claramente que não somos os pensamentos, os julgamentos, os apegos, as dúvidas, então finalmente nos reconheceremos como uma consciência emanada na mais pura vibração da LUZ.

      Excluir